Ginecomastia2019-08-13T10:09:01+00:00

Ginecomastia

Ginecomastia é o aumento da região mamária masculina, em sua grande maioria de origem benigna, causado pela hipertrofia das glândulas mamárias e do tecido que as envolve.

Pode estar acompanhada de hipertrofia do tecido adiposo (gordura).

Pseudoginecomastia é o aumento decorrente exclusivamente da hipertrofia do tecido gorduroso, não havendo acometimento do tecido glandular.

Nos adolescentes e adultos jovens geralmente acomete a região retro-areolar (sob as aréolas), formando tecido bem delimitado e facilmente palpável.

Com a idade e o espessamento da camada gordurosa este aumento é mais difuso e suave.

Suas causas envolvem diversas condições, especialmente as relacionadas ao desequilíbrio hormonal, obesidade, tumores endócrinos e uso de medicações; no entanto a sua causa mais frequente  ainda é a idiopática (origem indefinida).

No período pré-operatório estas patologias são detalhadamenterastreadas e excluídas, definindo-se plano cirúrgico preciso.

Além disto, o tecido retirado durante a cirurgia é enviado para análise laboratorial a fim de confirmar o diagnostico benigno e excluir quaisquer patologias malignas.

A correção da ginecomastia envolve a ressecção do tecido glandular hipertrófico, bem como o ajuste do excesso de pele e lipoaspiração da região peitoral, se necessários.

Realizada em centro cirúrgico sob anestesia local e sedação, exige o uso de malha compressiva (colete) por aproximadamente 45 dias, estando o paciente liberado para a realização de atividades físicas com 3 semanas (exceto tênis, vôlei ou natação).

Cursa com perda transitória da sensibilidade das aréolas que gradualmente se reestabelece.

Em 2 meses de pós-operatório temos aproximadamente 80% do resultado final.

Mais informações diretamente com nosso atendimento.